Home Mercado de trabalho O que é a carreira não-linear quais os benefícios para os profissionais

O que é a carreira não-linear quais os benefícios para os profissionais

by Equipe Alstra
O que é a carreira não-linear quais os benefícios para os profissionais

Os planos de cargos e carreiras dentro das empresas foram usados por muito tempo como estratégia para retenção de talentos, criando uma espiral linear de ascensões.

A ideia é simples: você começava ‘de baixo’ e via quais habilidades, certificações ou formação eram necessárias para ir subindo de cargo dentro da empresa. Sempre visando cargos de gerência e liderança.

O que é carreira linear?

A carreira linear é aquela que possui um caminho definido para se alcançar a posição desejada. Em sua estrutura organizacional ela possui ascensão de posições (você sobe degrau por degrau até conseguir o cargo desejado).

É a história do profissional que começou como office-boy e se tornou CEO da empresa.

Esse modelo linear permeou a cultura empresarial durante muito tempo. Mas hoje já não é mais assim.

Seja pela transformação digital ou avanços tecnológicos, as pessoas vêm procurando ocupações diferentes daquelas pré-determinadas. Isso desenvolveu modelos inovadores de trabalho, onde a criatividade se destaca.

Surgindo como contraponto à carreira linear, hoje temos a carreira em Y.

O que é carreira em Y (ou carreira não-linear)?

O modelo de carreira em Y surge da necessidade de inovação das empresas.

Com o passar dos anos elas perceberam, por exemplo, que os gerentes eram fundamentais para a organização da empresa, mas não traziam inovações.

Foi então que começaram a olhar para os colaboradores que possuíam conhecimento técnico e ideias inovadores e de aperfeiçoamento.

Houve uma valorização deste profissional e, por isso, muitos pararam de desejar cargos de gerência e liderança.

Surge, então, o modelo de carreira em Y, no qual o profissional tem a opção de escolher o caminho a percorrer: cargo gerencial ou ser um especialista em uma aérea técnica de algum setor e ficar responsável pelo desenvolvimento de produtos/projetos ou pesquisas.

É um modelo em que os profissionais são aproveitados em suas principais habilidades e acabam fazendo aquilo que realmente gostam.

Mas a carreira não-linear não se limita ao Y. Existe também a carreira em W.

O que é a carreira em W?

Enquanto no modelo de carreira em Y o profissional em um determinado ponto precisa decidir qual caminho deseja seguir (carreira gerencial ou de especialista), na carreira em W ele pode atuar tanto como líder quanto como técnico.

Isto significa que ele pode liderar uma equipe e, ao mesmo tempo, desempenhar funções técnicas relacionadas à sua área de atuação. Aqui uma função não exclui a outra.

É o modelo ideal para o profissional que possui capacidade e a habilidade de desenvolver uma visão mais profunda e sistêmica do negócio em que atua.

E depois da carreira em W, vem a carreira em X.

O que é carreira em X?

Neste modelo o profissional leva em conta o propósito que tem na empresa e, com isso, desempenha o papel que for necessário para atingir seu objetivo.

O profissional que escolhe o modelo em carreira em X não trabalha por um cargo dentro da empresa, mas sim por propósito.

O profissional que busca a carreira em X sempre considerará uma empresa que possua propósitos que estejam de acordo com seus valores pessoais.

Consequentemente, é necessário ter versatilidade e capacidade para desempenhar várias funções.

A chave para ter sucesso profissional é possuir um diferencial e saber enquadrar-se no modelo de carreira compatível com seu objetivo e habilidades.

Agora você sabe que é possível ter um crescimento dentro da empresa sem precisar seguir um plano de carreira pré-estabelecido. E aí, qual desses modelos é mais atraente para você?

You may also like

Leave a Comment