Home Tendências & Perspectivas Falta de foco ou Multipotencialidade?

Falta de foco ou Multipotencialidade?

by Equipe Alstra

Talvez você não conheça o termo Multipotencialidade, um perfil que muitas vezes pode ser erroneamente associado à falta de foco profissional. Tente responder as perguntas a seguir: Você se destaca em duas ou mais áreas de atuação profissional? Tem mais de uma formação? Exerce duas ou mais profissões ao mesmo tempo? Tem dificuldade de se encaixar nas denominações de humanas, exatas ou biológicas?

Se você respondeu sim para alguma das questões acima, você pode ser uma pessoa multipotencial.

Multipotencialidade

Interesses simultâneos em áreas distintas não deveriam ser um problema

Origem e definição

O termo “multipotencialidade” foi utilizado pela primeira vez em 1972 em um estudo acadêmico e de lá para cá vem sendo estudado cada vez mais. O profissional multipotencial pode ser definido como uma pessoa com potencial em vários campos, devido aos seus diversos interesses e tentativas.

Um engenheiro que se dedica também à fotografia artística, um designer que também é apaixonado pela ciência de dados e se apresenta tocando violão ocasionalmente ou ainda um especialista em finanças que tem uma carreira paralela em caligrafia. Estes são alguns exemplos de profissionais multipotenciais.

 

Um caminho de descobertas

Ao ouvir a história de pessoas que hoje se definem como multipotenciais é possível identificar traços comuns. Costumam iniciar diversos estudos e cursos muitas vezes seguindo para o próximo tema sem terminar o anterior o que faz com que sejam vistos pela família e amigos como pessoas sem foco.

Patrícia Souza, 36, hoje atua como gerente financeira prestando consultorias para empresas através da Alstra mas iniciou seus estudos em uma faculdade de direito que trocou pela arquitetura quando estava no segundo ano. Atuou por alguns anos com projetos e obras na área de formação até que descobriu o interesse pelas finanças, sua ocupação atual.

Na infância e adolescência o comportamento multipotencial já pode ser identificado: “Fiz aulas de ballet, fotografia, jogava no time de futebol da escola e estudei piano, tudo antes de completar 18 anos” Conta Patrícia.

 

Motivação

A pessoa multipotencial abandona as atividades iniciadas não falta de interesse ou talento. Em geral é uma curiosidade nata que faz com que busquem novos conhecimentos em áreas distintas e naturalmente abandonam a evolução das atividades iniciadas.

Diferente do perfil especialista, o multipotencial nem sempre busca a excelência na área de atuação e sim a diversidade de conhecimentos. É um perfil que pode ser definido também como generalista, combinando suas diferentes áreas de conhecimento para chegar ao melhor resultado.

diversas carreiras

Os interesses profissionais podem se cruzar e gerar novos caminhos

Carreira

Profissionais com multipotencialidade estão em todas as áreas de atuação e são valiosos para as empresas exatamente por combinarem diferentes conhecimentos na resolução de problemas. Mas normalmente a porta de entrada para o mundo corporativo se dá por apenas uma das competências de um multipotencial.

Enquanto o recrutamento tradicional tem dificuldade em aproveitar todas as habilidades destes profissionais por conta da forma como definem o escopo das posições, existem alternativas. O empreendedorismo e a consultoria são algumas boas opções.

Na Alstra por exemplo, um profissional multipotencial consegue listar todas as suas habilidades e receber convites para projetos em diversas áreas e indústrias. Trabalhando por projetos fica mais fácil exercitar habilidades distintas.

Conclusão

É aconselhável que profissionais multipotenciais busquem o auto conhecimento para melhor direcionar os estudos considerando esta característica. Por fim, precisamos discutir este tema de forma mais frequente e aberta para derrubar de uma vez o mito da “falta de foco” e passar a valorizar e estimular mais a multipotencialidade.

 

 

Registre gratuitamente seu perfil na Alstra e começe a trabalhar por projetos para grandes empresas. www.br.alstratech.com 

You may also like

Leave a Comment